10 Dicas Para Solucionar Seus Problemas Financeiros

Nós separamos neste artigo, 10 dicas de extrema relevância para você que está com as contas apertadas ou até mesmo com o nome negativado. Leia atentamente todas e se achar que elas são úteis, não deixem de aplicar.

Negocie antes de Comprar

Sempre tente negociar os preços de tudo que deseja comprar. Você pode tentar negociar pelo valor ou até pela forma de pagamento. Uma ideia é sempre tentar negociar por forma de pagamento, porque negociando pela quantidade, você pode acabar gastando mais ou até mesmo comprar mais do que precisa.

A melhor negociação geralmente ocorre se a forma de pagamento for em dinheiro, você pode pedir um desconto maior, porque não irá usar a máquina de cartão do vendedor, economizando taxas para ele e para você.

A mentalidade mais adequada para conseguir bons descontos é levar em consideração que nessa, ninguém pode sair perdendo, ninguém pode ser prejudicado nessa relação, as duas partes devem sair ganhando. Essa mentalidade vai te ajudar a convencer o vendedor a dar um bom desconto para você.

Da mesma forma que os compradores gostam de ser bem atendidos, os vendedores gostam de ser bem tratados.

Compre usando Dinheiro

Você deve eliminar as compras parceladas. Elas são as principais responsáveis por aumentar o seu endividamento. Quando você compra parcelado, você tem a falsa sensação de que gastou pouco, porque não viu uma quantia alta sair do seu bolso imediatamente. Quando você paga parcelado no cartão de crédito, você entrega o dinheiro que estava na carteira para pagar e isso tem um fator psicológico por trás.

Pode parecer besteira, mas se toda a vez que você pagar por algo, você tirar dinheiro do bolso, verá que está gastando dinheiro, assim, ao ver a carteira mais vazia, a consciência pesa mais.

Anote tudo

As pessoas que são independentes financeiramente anotam tudo o que gastam mensalmente, não ficam ricas apenas pelo trabalho delas. Elas sabem exatamente quanto elas ganham e quanto elas gastam.

Sem saber quanto você gasta, é impossível saber quando irá quitar as suas dívidas. Crie Planilhas de Gastos Mensais, anote no Bloco de Notas do Celular, elas irão te ajudar bastante a organizar as suas finanças e também a criar metas para poupar.

 

Crie uma meta de Poupança

Quando queremos ter sucesso em algumas coisas, quando queremos viajar ou realizar sonhos, é muito importante ter uma meta de poupança. Da mesma forma, quanto estamos endividados, precisamos criar uma meta de quanto é necessário poupar para quitar as dívidas e para realizar sonhos.

Ter uma meta facilita a vida, afinal, se conseguimos alcançar ela antes do prazo, podemos relaxar, se estamos distantes dela, é hora de fazer um esforço maior.

Mantendo a meta, depois que você consegue quitar suas dívidas, você pode manter essa meta para começar a acumular patrimônio para realizar os seus sonhos materiais, quaisquer sejam eles.

Priorize as dívidas que possuam um maior risco

Cada dívida possui um risco geral, outras, um risco específico. De maneira geral, o risco é grande.

Caso você esteja devendo uma compra parcelada no carnê, por exemplo, a empresa irá negativar seu nome e iniciar uma cobrança extrajudicial (via telefone, e-mail, sms, etc). Em razão do baixo valor geral destas compras, dificilmente a empresa entra com processo na justiça, ou seja, entende-se que é dívida com baixo risco.

Já um financiamento da casa própria, é uma dívida de grande risco, onde o próprio imóvel responde pelo não pagamento da dívida. Assim, ao ficar devendo este financiamento, o credor pode retomar o imóvel e vendê-lo em leilão, em um curto período de tempo. Ou seja, priorize esta dívida para evitar que você perca seu patrimônio.

Se o seu patrimônio não estiver garantindo a dívida, você deve buscar primeiro pagar as dívidas com juros mais altos. Afinal, são elas que estão consumindo o seu capital mais rápido.

Por isso, busque sempre listar as suas dívidas e ver as que possuem juros e taxas mais altas para pagar primeiro. Escreva também frases motivadoras para você ler quando tiver dificuldades, em situações assim, é comum se sentir abatido.

Aprenda mais sobre economizar

Use a criatividade, busque na internet dicas e outras alternativas para poupar mais, você irá se surpreender com as mais variadas formas que podem te ajudar.

Entenda que se você não fizer das tripas coração, não alcançará o objetivo que tanto deseja. Não existe mágica, dinheiro não cai do céu.

Renegocie as suas Dívidas

Se a sua situação está muito complicada, esse passo será essencial para que você alcance sucesso em melhorar a sua vida financeira. Fale com as pessoas que você deve e tente renegociar a sua dívida. Se possível, tente quitar o mais cedo possível pagando a menor parcela de juros!

Evite contrair novas dívidas, caso contrário, você estará tapando um buraco para abrir outro. Imagine a sua situação como um balde furado. Primeiro temos que tapar os buracos para a água parar de vazar. Se a cada buraco que tapamos abrimos outro, ficará difícil de fazer o nosso balde parar de perder água.

Tente exercitar a pausa no consumismo por um tempo

Cancele algumas coisas que você não precisa para viver. Ao invés de ir para aquela academia caríssima, faça exercício na rua ou alguns exercícios em casa para emagrecimento e bem-estar. Corte a TV a cabo, adote o serviço de streaming; evite falar muito ao celular, andar de carro, pratique carona ou até mesmo aplicativos de transporte, ou adote as bicicletas compartilhadas.

É indispensável abrir mão dos luxos para alcançar seus objetivos. Depois você pode ir gradativamente readquirindo, reconquistando bens materiais e status financeiro.

Pare de Comer Fora

Comer fora é muito caro. Tente fazer comida e levar marmita para o trabalho, se possível. É uma situação temporária, não jogue tudo para o alto.

É necessário adotar táticas radicais para exterminar essas dívidas o quanto antes, mas fique tranquilo, sua vida vai melhorar.

Controle suas despesas para não se endividar de novo

Não adianta quitar seus débitos e depois entrar na mesma situação por descontrole financeiro, é necessário desenvolver o hábito de controlar seus gastos. Para isso, retome o orçamento e estipule os valores máximos mensais que você pode gastar com transporte, alimentação, etc.

Se lembre de sempre de priorizar o que é necessário, mas não deixe de reservar dinheiro para as coisas que te dão prazer e te aliviam da dura rotina.

× Dúvidas?